Epilepsia

A Epilepsia (muitas vezes referida como uma desordem convulsiva) é uma condição neurológica crônica caracterizada por crises recorrentes não provocadas. É comumente controlada através de medicação, embora alguns métodos cirúrgicos também possam ser utilizados. Convulsões epiléticas são classificadas pelos padrões de atividade cerebral e seus efeitos no comportamento. Em relação aos padrões de atividade cerebral, as convulsões são descritas como parciais ou generalizadas. Convulsões parciais envolvem somente um local no cérebro, enquanto que as convulsões  generalizadas envolvem todo o córtex cerebral.

O termo generalização secundária pode ser usado para descrever uma convulsão parcial que logo se espalha para todo o córtex e se torna generalizada.


Não se conhece todas as causas da epilepsia, mas muitos fatores predisponentes foram identificados, incluindo danos cerebrais oriundos de más formações cerebrais, trauma cerebral, operações neurológicas, ferimentos penetrantes no cérebro, tumores cerebrais, febre alta, encefalite bacteriana ou viral, derrame, intoxicação ou distúrbios agudos ou inatos do metabolismo. Fatores genéticos e hereditários também tem seu papel.