Parasitas

Vermes como lombrigas, trichuris e ancilóstomos são muito comuns em quase todas as partes do mundo. Esses parasitas lançam seus ovos infectantes nas fezes dos animais de estimação e contaminam o ambiente; alguns ovos podem viver nos jardins e terrenos por anos. Os ovos são ingeridos pelos animais de estimação e o ciclo de vida é completado quando o verme cresce, se tornando adulto, no intestino de um novo hospedeiro.

As Tênias são outros parasitas intestinais comuns em cães e gatos. Esse parasita é diferente, porém, requer a transmissão através de um hospedeiro intermediário, mais comumente uma pulga. Outros hospedeiros intermediários podem ser camundongos, ratos ou coelhos. O cão ou o gato come o hospedeiro intermediário contendo ovos de tênia e a tênia completa seu ciclo de vida tornando-se adulto no intestino do cão ou do gato. É necessário um hospedeiro intermediário, se um animal de estimação come uma tênia adulta ou um segmento dela, isso não causará infestação por tênias no intestino desses animais.

Outros parasitas que podem viver no intestino e que não são vermes, tais como organismos unicelulares chamados protozoários, também são parasitas prevalentes entre os animais de estimação. Giárdia e coccidia são protozoários que podem ser transmitidos diretamente de animais para seu animal de estimação, ou seu animal de estimação pode ter sido exposto à água contaminada. O diagnóstico para esses parasitas requer que seu veterinário ou o laboratório dele, encontre qualquer parasita no microscópio ou ovos nas fezes.

Os únicos parasitas que podem ser vistos nas fezes a olho nu são as lombrigas e as tênias. Lombrigas têm cor marfim, formato arredondado (não achatado) e tem cerca de 4 a 6 polegadas de tamanho. Tênias têm cor marfim e formato achatado. Uma tênia adulta tem vários metros de comprimento, mas usualmente você visualiza somente alguns segmentos que se parecem com qualquer semente de gergelim ou arroz. Seu animal de estimação pode ter qualquer um desses vermes sem nunca ter eliminado parasitas adultos nas fezes. Se as fezes do seu animal de estimação parecem normais, não pense que ele não possa estar infectado. Não existe uma única droga capaz de eliminar com todos os tipos de parasitas intestinais existentes. Seu veterinário precisa saber que tipo de parasita está envolvido, para que uma droga correta possa ser prescrita. Além disso, alguns preventivos mensais para dirofilariose também tratarão as lombrigas, trichuris e ancilóstomos.

Se você suspeita que seu animal de estimação talvez esteja infectado, não hesite em entrar em contato com seu veterinário hoje mesmo para orientações sobre o que fazer! Seu veterinário também estará pronto para responder todas as suas dúvidas e ajudá-lo a prevenir que seu animal de estimação obtenha parasitas.